Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

02
Jan17

O último

ana

Idealizei, cá comigo própria (tanta redundância numa só frase, senhores), que o ultimo post deste blog aconteceria no dia em que, efetivamente, tivessemos um quarto para duas. "Postaria" uma fotografia e tudo e retirava-me fazendo jus ao nome do blog. 

Quem me acompanha desde o início, ainda nos áureos tempos do blogspot, percebe o porquê de querer terminar com esse post. Era o culminar de tudo. O desejo realizado, o sonho que quando comecei me parecia impossível de alcançar. 

Neste blog está uma importante parte da minha vida. Muitas lutas, muitas vontades. Um bocado da minha partilhada. A minha história de amor, as minhas aventuras de estudante, de desempregada, os meus seis meses de estrangeira em Barcelona, as aventuras de logista e, ultimamente, de emigrante. Infelizmente, esta aqui também uma das piores fases da minha vida, a minha depressão. 

A verdade é que este blog me proporcionou durante anos, nem sei bem quantos, muitos momentos bons. Deu-me pessoas extraordinárias, umas que conheci pessoalmente, outras que não saíram do computador, mas que são verdadeiros amigos. 

Todo este bla bla bla para dizer que, como tudo na vida, chegamos ao fim da linha por aqui. Isto já deu o que tinha a dar e acho que todos já repararam nisso. 

Perdi um bocadinho o interesse pela blogosfera, comecei a cansar-me disto. Não perdi a vontade de escrever, aliás cada vez me apetece mais fazê-lo, apesar da falta de tempo ser grande, mas deixei de ter vontade de o fazer aqui nesta plataforma. 

Não digo que "desta água não beberei" e que não voltarei a escrever aqui, ou noutro blog qualquer (o mais provável), mas por enquanto vou manter-me na plateia e assistir apenas ao que por aqui vai. 

Posto isto, minha gente, um bom ano a todos! Sejam felizes. 

Vemo-nos por aí. 

 

 

17
Set16

Resumo

ana

Quinta feira choveu tanto que as ruas inundaram e não se via um palmo à frente dos olhos. Não imaginam a força da água, a quantidade de chuva que caía, o quão negras eram as nuvens. 

Não me molhei, mas a descida de temperatura foi o suficiente para me deixar de pingo no nariz e garganta inflamada. Cum'caralho, não me imaginava tão florzinha de estufa. 

Gastei dinheiro numas calças e num cachecol, devia ter comprado umas botas e um casaco de inverno. Continuo a ser uma gastadora de merda. Jamais conseguirei poupar muito dinheiro, o suficiente para comprar uma casa ou um carro. Enfim. 

Começámos a ver apartamentos para arrendar ( ou alugar?). Mais um mesinho e acho que conseguimos mudar-nos, felizmente. Já não tenho muita paciência para partilhas de casa, divisões de tarefas e afins. Uma pessoa chega a esta idade, com uma relação de 10 anos e já só quer ter a porcaria de uns metros quadrados a que possa chamar "nossa casa". Além disso, gosto de poder lavar a loiça quando me apetece, não fazer a cama e demorar o tempo que quero na casa de banho. 

Prefiro não falar de trabalho, mas posso dizer-vos que estou especialista em limpeza de casas de banho e em fazer camas. Um dia conto-vos tudo sobre os bastidores de um hotel, vão ficar de boca aberta com a falta de higiene que reina nesses lugares. 

Tenho muitas saudades do meu gato. 

E é isto.

 

 

16
Set16

Tão previsível

ana

Hoje é o dia em que quem não foi à VFNO, mas que dava um dedinho para ir, crítica quem lá esteve.

"Aquilo é uma montra de vaidades, os brindes não valem uma piça, é só gente gente sem estilo nenhum..." dizem, enquanto limpam as lágrimas e stalkeiam mais umas quantas contas de "it girls" do Instagram. 

 

14
Set16

Sou tão "da moda" que até ando um passo à frente

ana

Ai que os Adidas Gazzele são o novo must have da estação.

Ya. Comprei os meus há uns dois anos. Nunca mais os vou calçar. Estas carneiradas chateiam-me.

 

[Aconteceu-me a mesma merda com as New Balance. Comprei umas em Barcelona ainda ninguém sabia o que isso era em Portugal. Uma vez, até me perguntaram se eram sapatilhas do chinês, porque não conheciam o logótipo. Passado uns tempos toooooda a gente tinha umas. Deixei de as calçar. Comprei outras agora porque a febre já desapareceu um bocadinho e a pipoca mais doce já não as recomenda mais.]

14
Set16

Pequena nota informativa

ana

Nao consigo comentar nos vossos blogs nem responder a comentários aqui. Quando o meu telemóvel decidir colaborar comigo, volto ao activo. 

Ah e muito obrigada pelas sugestões de séries. Estou a acabar de ver Orange is the new black, depois dedico-me às vossas propostas.