Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

27
Fev12

...

ana
Não morri, mas vi-me aflita.
Passei dois dias em grande sofrimento e digo-vos, a Júlia Pinheiro nada sabe sobre barrigas inchadas. Se soubesse não estava ali toda sorridente a mandar-me comer iogurtes e a comparar barrigas com balões. Tive dores absurdas e não consegui olhar para comida, derivada do leite ou não, durante uns dias. Serviu-me de lição. Por enquanto, quero quero os lacticínios bem longe de mim.
21
Fev12

...

ana
O nosso amor não é perfeito, suponho que nenhum seja. Mas, o nosso amor, o meu e o teu, é único e é o melhor que tenho na vida, porque mesmo não sendo perfeito, mesmo sendo, por vezes, uma confusão, um amor secreto e um amor que muitos não aceitam, é um amor sincero e que me faz imensamente feliz.
O [nosso] amor é tudo aquilo que nós quisermos que seja. Para mim ele é perfeito, com todas as suas [nossas] imperfeições.
16
Fev12

Voltei ao corrector de olheiras

ana

Primeira semana de aulas e estou esgotada. Este horário é completamente incompatível comigo, aulas sempre às  oito da manhã, para alguém que só funciona em pleno depois do meio dia, requerem motivação extra e um esforço enorme para conseguir manter os olhos abertos e o cérebro minimamente activo. Não está fácil. Ainda por cima com horários de sono absolutamente estapafúrdios, mas que não consigo alterar. Mesmo cansada, só consigo adormecer depois da meia noite ou uma da manhã, porque sinto cansaço mas não sinto uma necessidade incontrolável de dormir. Depois, de manhã, é que a coisa se complica. Sono, cansaço, apatia e pouca vontade de tirar o cu da cama. Com o avançar da manhã, lá consigo despertar um bocadinho, mas depois de almoço a coisa torna-se crítica. Estou a ponderar iniciar uma rotina de sestas, uma hora basta, só para descansar e conseguir encarar o resto da tarde de forma mais alegre.
Amanhã, aula às oito [desespero!], única do dia, com o pior professor que conheço.
Felizmente, a Rita vai estar de folga. É ela quem me vai buscar mal chegue, é com ela que vou passar a tarde toda. Nem tudo pode ser mau.
16
Fev12

...

ana
"Amar não é pecado
E se eu tiver errado
Que se dane o mundo
Eu só quero você"




Luan Santana - Amar não é pecado
14
Fev12

...

ana
Bem, eu vinha aqui dizer que dia dos namorados e das namoradas e dos que gostam de namorar e dos que querem namorar, não é só hoje, é sempre, tem de ser sempre e deve ser sempre, porque namorar não deve ter dia nem hora marcada, e ser-se romântico e carinhoso não obriga a que se compre um urso ou um porta-chaves com corações, só porque as montras e as publicidades nos fazem achar que se não o fizermos somos pessoas horríveis e sem um pingo de sensibilidade. Mas, já vi que a Rita decidiu assinalar o dia aqui no nosso quarto, por isso, vou calar-me e agradecer as palavras bonitas e a rosa vermelha, porque gestos românticos e umas palavras sentidas sabem sempre bem e eu sei que ela não as escreve só porque hoje é o dia das escrever. Nós fazemos questão de celebrar o nosso amor todos os dias do ano, por isso, celebramo-lo hoje também, sem programa específico, sem presentes e sem jantares românticos [é impossível], apenas com palavras, saudade e vontade de um abraço forte e muitos beijinhos. Sabes que te amo.

Já agora, comento também a animação do nosso querido google, desta vez temos um quadradinho dedicado a nós, pessoas que amam alguém do mesmo sexo. Nada mau, gostei.

Pág. 1/3