Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

27
Jun12

"Odiozinhos"

ana
Odeio tanto quando as coisas não me correm como planeei. Aliás, odeio que outras pessoas ou situações que eu não controlo me estraguem os planos. Eu hoje já devia estar em casa e não estou, tudo porque os serviços de Acção Social da minha universidade são só o sitio mais caótico e pouco eficiente que conheço. Haja paciência.
Ah e desejem-me sorte, é que amanhã tenho de voltar lá outra vez!
25
Jun12

...

ana
Esta é aquela semana. A temida semana. A das despedidas, sabem?
Dizer "adeus" a quem me recebeu durante estes meses como família. E nós éramos a nossa família. Despedir-me das pessoas que estiveram sempre prontas a ajudar, que me fizeram rir e que fiz rir, para quem cozinhei tantas vezes, com quem partilhei muito de mim em tão pouco tempo.
As "minhas meninas". As melhores colegas de casa que podia ter tido. Sermos todas de outro sítio, do Algarve, do norte, do interior, do centro, aproximou-nos, dava-nos, apesar de todas as nossas diferenças, a compreensão e a paciência para nos "suportarmos", para gerir os dramas de uma casa só de raparigas. Afinal estávamos aqui todas pelo mesmo e para o mesmo. Longe de casa, longe de namorados (no meu caso namorada), de amigos. Para as do 1ºano era ainda o ano da adaptação à cidade, ao mundo novo, às responsabilidades de estudantes universitárias. E vê-las, aos poucos sair do ninho, aprender a voar aqui, fazia-me sentir orgulhosa.
Vou ter saudades. Acho, sinceramente, que é das poucas coisas que vou sentir saudades. Vou sentir a falta da amizade. Vou sentir a falta de chegar a casa, cansada/chateada/triste/eufórica/nervosa/contente e ouvir sempre aquela pergunta, feita de forma genuína e preocupada: Então, como correu o teu dia hoje? E eu responder, contando todos os pormenores de um dia cheio ou vazio e, prolongar depois, esta conversa, novas conversas (impressionante como havia sempre tema) até altas horas, intercaladas com estudo, jantares e sempre muito grito e animação, ou não fosse isto, uma residência só de "gajas"!
22
Jun12

Vou sonhar alto que isso, ainda, não se paga

ana
Se eu pudesse, ou seja, se eu tivesse dinheiro, fazia uma limpeza ao roupeiro e comprava montes de coisas novas.
A última vez que fui às compras, para além de não encontrar nada de que gostasse, meti na cabeça que ia voltar a adoptar um estilo mais arranjadinho e feminino, que é como quem diz, voltar aos lacinhos, às cores suaves, às sabrinas e aos acessórios. Saí da Sport Zone com umas sapatilhas. Pois.
Agora, o que eu queria mesmo era um blazer e uns sapatos lindos que vi. E umas t-shirts bonitas, com pormenores interessantes. Ah e algumas peças de tons pastel, mas nada de amarelo pálido, que isso é cor que me enjoa, uns azuis e verdes bonitos, isso é que era. Umas calças também eram bem-vindas, de ganga, justas e escuras e umas de tecido, frescas e leves para o Verão... e... e tanta coisa mais.

22
Jun12

Marcha - Lisboa'12

ana
Mais um ano em que não vou estar presente na marcha e, sinceramente, começo a sentir aquele peso na consciência, aquela sensação de inutilidade e de não fazer nada para contribuir para a mudança. Espero que seja para o ano.

Pág. 1/3