Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

Um quarto para duas

Um blog, duas raparigas, um amor.

28
Mar15

Nove

ana

Parabéns a nós! 

Não foi bem assim que planeámos este dia, mas já sabemos como é, os nossos planos saem sempre furados. É uma espécie de tradição. O melhor é nem pensar muito nisso. 

Não sei que te diga, para além daquelas coisas todas que já sabes. 

Que venham mais nove, dez, vinte, a eternidade. Os que vierem saberão sempre a pouco. Quero-te mais, quero-te sempre mais.

Amo-te muito, meu amor. 

 

 

27
Mar15

Sobre a foto banida do instagram

ana

Não sei se já ouviram falar disto, mas assim muito resumido foi assim: o instagram eliminou uma foto que mostrava uma rapariga deitada na cama com as calças manchadas de sangue da menstruação, período, chico, aqueles dias do mês, o que lhe quiserem chamar. 

A coisa gerou grande polémica, como sempre, com os pró e os do contra. A mim não me incomoda, não há nada mais natural no mundo (aliás acho que a foto faz parte de uma campanha para normalizar o facto das mulheres terem o período, mas não sei bem, não tenho tido muito tempo para grandes leituras), já sei que uma vez por mês vou ter de gramar com isto, é a vida. Por isso, nem percebo qual o critério de banir a foto da dita rede social. Talvez por poder chocar/enojar algumas pessoas. Não sei.

Mas depois, há sempre a malta fundamentalista (ah, eu adoro fundamentalistas), as acérrimas defensoras da menstruação. Diz que é uma coisa linda, que as calças sujas de sangue não são sujas, mas sim manchadas (!), que o período merece respeito, que é maravilhoso, um privilégio das mulheres. Ya ya, o período é mesmo brutal. É como na publicidade da evax, passarinhos e flores, campos verdejantes e mulheres a fazer o pino, a cantarem e a festejarem o facto de terem o período. Porque sim, para a grande maioria das mulheres, dar cambalhotas e saltos num relvado com um penso colado nas cuecas é um sonhos por realizar. É tudo o que se deseja. Isso e um saco de água quente, um brufen, silêncio e uma tablete de Milka.

Está bem que a menstruação é uma coisa super banal, algo que todas as mulheres têm, mas daí a venerá-lá vai um longo caminho. E desculpem lá, acordar com as calças sujas de sangue não é uma coisa extraordinariamente bela e fantástica, é até uma valente porcaria! Acalmem-se lá.

Por mim podem continuar a por fotos dos vossos evax ou tampax nas redes sociais (sim, sei que estao todas a ter uma imagem linda nas vossas cabeças), mas depois não se queixem quando pegar a moda de fotografar as cuecas borradas, ou o coco no fundo da sanita. É que pronto, não há nada mais natural do que "cagar". E o bonito que é! 

(Ia por o link da noticia que falava disto da foto banida, mas isto no telemóvel dá muito trabalho. Procurem no google que chegam lá de certeza.)

 

 

25
Mar15

...

ana

E cá estou eu pelos Algarves. Não sei por quanto tempo, mas provavelmente o tempo suficiente para não passar o dia do nosso aniversário, no próximo sábado, com a Rita. Nove anos! E parece que foi ontem. 

A vida troca-me muitas vezes as voltas. Cometi muitos erros. Andei por caminhos que não devia. Mas numa coisa acertei à primeira. Neste amor. Nesta mulher tão especial, tao perfeita para mim. Sabem, ela é incrível. Faz-me imensamente feliz. Completa-me. 

Sim, eu sei que são só clichés. Mas é tudo verdade. 

Jamais conseguirei pôr por escrito aquilo que sinto. Ela é a minha pessoa, a minha metade, que torna tudo melhor. 

Estar aqui, longe dela, parte-me o coração!

 

 

Pág. 1/6